Portuguese Jewellery shaped with Love -

Portuguese Jewellery curated by AORP

Current Affairs

Portuguese Jewellery Legacy – Showcase & Exhibition

Com o objetivo de apresentar a nova campanha internacional de promoção da joalharia portuguesa – Portuguese Jewellery Legacy, a AORP promoveu um showcase inédito de 19 marcas nacionais e uma exposição das imagens da campanha. As portas da Casa da Arquitetura, em Matosinhos, abriram para 3 dias de celebração da joalharia portuguesa, com uma agenda de palestras e eventos.

Com uma cuidada curadoria, a seleção de marcas no evento representou a versatilidade de estilos da joalharia portuguesa, das marcas tradicionais que apresentam as técnicas e desenhos intemporais, como Fernando Martins PereiraInês BarbosaJorge SilvaPortugal JewelsTavares, e Alma e Coração, ao design de autor cada vez mais em voga em Portugal, com assinatura de Liliana GuerreiroJoana Mota CapitãoSopro JewelleryMaria Leão TorresCris Maria Jewelry e Paula Bluemchen. Também algumas marcas de joalharia contemporânea  marcaram presença como CincoHLC Jewellery,  Mesh JewelleryPekan Jewellery, Rose Blossom by OuropaArte Nova JewelleryWings of Feeling e Magajóias.

O primeiro dia foi reservado a convidados especiais, que ficaram a conhecer em primeira-mão esta campanha internacional, promovida pela AORP. Nuno Marinho, Presidente da Associação, teve em mãos a abertura da cerimónia e a apresentação oficial desta campanha, sucedido por Fátima Santos, Secretária Geral da AORP e Jaime Andrez, Presidente da Comissão Diretiva do COMPETE2020.

Mafalda Sampaio, Helena Coelho, Mafalda Castro, Bárbara Lourenço, Joana Brandão, Sónia Balacó, Carina Caldeira, Fernanda Velez, Carla Ascenção, Diogo Miranda, Ana Viriato e Juliana Herc foram algumas das caras conhecidas presentes.

À margem do showcase, especialistas partilharam casos de sucesso e curiosidades em três temas de grande relevância para a joalharia portuguesa: “A história das nossas joias” com Rui Galopim de Carvalho, da Portugal Gemas Academy, Rosa Maria Mota, Investigadora do CITAR Universidade Católica e Manuel Sousa, do Museu do Ouro Travasso; “Sustentabilidade – fechar o ciclo” com Kaleigh Tirone Nunes, da Catalyst Inspiring Future Fashion, Adriana Mano da Zouri, Ana Silva Tavares, da Tintex Textiles e Abel Castro da Finouro e “Shape Up – Empreendedorismo na Joalharia” com João Dias da AICEP, Li Furtado da CINCO Store e Luísa Delgado, Gestora e Investidora.

Ainda no âmbito do evento, a iniciativa Breakfast Girls Just Wanna Have Fun iniciou ambos os dias à conversa com mulheres inspiradoras. Este projeto, liderado pela jornalista Sandra Nobre, promove o networking entre mulheres, que durante um pequeno-almoço descontraído partilham as suas histórias e experiências, inspiradas nos seus percursos de vida, tanto pessoais como profissionais.

A campanha Portuguese Jewellery Legacy visa a valorização da joia como um legado. Um legado de arte, de valores, de memórias, passado de geração em geração, num ciclo eterno. Promovida pela AORP, remete para os valores da eternidade e intemporalidade das joias portuguesas, recuperando as técnicas e desenhos tradicionais, que atravessam o tempo. Entre estes estão o colar de grilhão, os brincos barrocos ou o fio de trancelim. Por detrás de cada peça está uma história que faz parte do imaginário coletivo português e que a AORP quer agora dar a conhecer ao mundo.

Ao mesmo tempo que pretende valorizar a tradição, a campanha faz a apologia dos valores de sustentabilidade, comércio justo e consumo responsável. O objetivo é mostrar como a joalharia – com um longo ciclo de produto, que pode ir até à eternidade, contraria a tendência insustentável do mercado de consumo.

Com direção criativa da AORP, a campanha Portuguese Jewellery Legacy é uma produção da Snowberry, com Ricardo Santos (fotografia), João Le Joy (vídeo), Lou Schoof (modelo), Kimberley Pearl (modelo) e Federico Rodrigues (modelo).

Share / Partilhar: