Portuguese Jewellery shaped with Love -

Portuguese Jewellery curated by AORP

  • showorder_marcas-022 copiar

Shows Internacionais

Portuguese Jewellery Roadmap 2019

A agenda de feiras internacionais em 2019 traz algumas novidades, com o objetivo de reforçar a presença da joalharia portuguesa em mercados cada vez mais consolidados, como França e Alemanha.

O ano arranca em Berlim, onde, pela primeira vez, a AORP promove uma participação coletiva de joalharia portuguesa na Show&Order. Integrada na Premium, prestigiado evento trade da indústria da moda, esta mostra acontece em simultâneo com a Semana da Moda de Berlim, de 15 a 18 de janeiro, atraindo compradores de toda a Europa e do mundo. O evento ocupa o emblemático edifício Kühlhaus Berlin e destaca-se não apenas pela qualidade das marcas apresentadas, que resultam de uma criteriosa curadoria, como também pela forma criativa de exposição e interação com os visitantes. O desafio elevou a ambição da AORP, que terá um espaço com a assinatura do estúdio 44 flavours, uma irreverente e reputada agência criativa alemã. Ao lado das grandes insígnias internacionais, estarão três marcas portuguesas de joias: Coquine, Cris Maria Jewelry e Sopro Jewellery.

Segue-se mais uma estreia, desta vez em Paris, o segundo maior mercado das exportações portuguesas. A par da participação habitual na Bijorhca Paris, a AORP irá também marcar presença na Who’s Next, considerada um barómetro de tendências de moda para os profissionais do setor. Partilhando o mesmo Parque de Exposição, em Porte de Versailles, as feiras decorrem de 18 a 21 de janeiro e receberão um total de sete marcas nacionais. A Who’s Next é a aposta de Bruno da Rocha, Sopro Jewellery e Wings of Feeling, enquanto Astorga, Elza Pereira, Innamorata e Tânia Gil voltam a marcar presença num dos mais reputados eventos de joalharia da Europa, a Bijorhca Paris.

Em simultâneo, decorre em Vicenza, capital da joalharia de Itália, a VincenzaOro. De 18 a 23 de janeiroA. J. Amorim, Luisa RosasStyliano Jewellery e Galeiras reforçam a sua posição no mercado italiano.

Pela segunda vez, a AORP viaja depois até ao Japão, para promover a participação portuguesa na International Jewellery Tokyo, de 23 a 36 de janeiro. O mercado nipónico é a aposta da Galeiras, Goris e Inês Barbosa.

Do Oriente regressamos à Europa, para participar no duplo certame do país vizinho, a Madridjoya e Bisutex, de 7 a 10 de fevereiro. Reunindo visitantes profissionais de cerca de 80 países, continuam a ser uma montra privilegiada para a joalharia portuguesa e a merecer a aposta de Elza Pereira, Our Sins e Made to Envy, na Bisutex, e Gatz by Sandra Santos, Lider Sacos e Ourobrilho, na Madridjoya.

E tradição é já também a participação portuguesa na Inhorgenta Munique, de 22 a 25 de fevereiro. O evento alemão tem vindo a tornar-se cada vez mais apelativo para as marcas nacionais, sobretudo para a joalharia contemporânea de autor, que é uma das grandes apostas do certame.  A próxima edição receberá um recorde histórico de 17 marcas portuguesas: Allis Jewellery, Astorga, Bruno da Rocha, Gofrey, Inês Barbosa, Inês Telles, Leonor Silva, Margarida Reduto, Nevacril, Sara Sousa Pinto, Sopro Jewellery e a participação conjunta de Ana Bragança, Ana João, Barbara Goyri, Cecília Ribeiro, Mater Jewellery Tales e Carla Faro Barros, pelas Collectiva.

O calendário do primeiro trimestre termina em Hong Kong, de 28 de fevereiro a 4 de março. Sendo este um dos mercados em mais rápido crescimento para as joias portuguesas, a participação é cada vez mais cobiçada, estando já fechada a participação das marcas Arpa, Dos Santos, Galeiras, Inês Barbosa e J. Soares.

Share / Partilhar: